6 de mai de 2011

Até Quando?

Salário de Professor a velha e atual história.
Mas uma vez estamos nós professores mendigando aumento de salário, de um lado o Sindicato nos mostra que o Governo pode sim conceder essa tão sonhada esmola, do outro lado o Governo chorando para não dar a esmola, do outro lado, mas bem do outro lado estamos nós professores, chorando porque a esmola não chega nunca.
Dos 15 itens constantes do Termo de Compromisso assinado pelo governador Confúcio Moura, e várias rodadas de negociações o governo nos presenteia com míseros 6% de aumento linear, diante da indignação que esta proposta indecente nos causou, o governo recua e nos agracia com a seguinte esmola, para os professores com contrato de 40 horas seria criada uma nova gratificação no valor de R$ 100,00. Para os professores com contrato de 20 horas a gratificação seria de R$ 50,00; valor idêntico à gratificação do Supervisor com contrato de 40 horas. Para os professores em apoio à unidade escolar, incluindo os que estão em readaptação e os que estão lotados em biblioteca, salas de vídeo e em outros setores da escola, que atualmente não possuem gratificação, seria criada uma no valor de R$ 150,00.
Para os técnicos administrativos educacionais seria criada uma nova gratificação no valor de R$ 70,00.
De tanto a gente chorar igual criança de colo que perde a chupeta o Governo como um bom pai nos presenteia com uma esmola mais, digamos gordinha, e o cofrinho ficou assim:
Realinhamento geral de salários de 8%, sendo 6% retroativo a abril e 2% em outubro; aumento de 100% no auxílio saúde a partir de 1º de outubro passando de R$ 75,00 para R$ 150,00 para os servidores que possuem plano de saúde; implantação do auxílio saúde de R$ 150,00 para os aposentados que possuem plano de saúde; criação de Gratificação de Unidade Escolar a partir de 1º de maio de R$ 130,00 para professores de 40 horas; Gratificação de R$ 65,00 para professores de 20 horas; criação de Gratificação de R$ 130,00 para supervisor de 40 horas e de R$ 65,00 para supervisor de 20 horas; Gratificação de Unidade Escolar de R$ 150,00 para professores lotados na escola, mas que não estão em sala de aula, como os readaptados e os que estão lotados em biblioteca, salas de vídeo e em outros setores da escola, que atualmente não possuem gratificação; e Gratificação de R$ 90,00 para os técnicos administrativos educacionais.
Pronto! Nós aceitamos! Puxa que maravilha! Paramos de chorar e vamos pensar o que fazer com essa esmola.
E o Governo? Ah! Governo disse: “Enfim, os leões pararam de rugir”.
Pois sim, Senhor governador os leões quando estão com fome se lhes damos um osso eles se aquietam, roem o osso até o final e depois voltam a rugir.
Pobres professores leões, sem forças, sem dentes para roerem o generoso osso dado com tanto carinho por vossa excelência.
Como dizia Macunaíma herói de nossa gente:
“Muita saúva e pouca saúde os males do Brasil são”.

ProfªJucélia.

Um comentário:

Simone disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Só você mesmo profe com seu humor contagiante.