28 de abr de 2011

28 de abril dia da Educação!


Que a educação deveria ser um dos maiores investimentos em qualquer país, ninguém duvida. Mas a questão da educação ainda é séria no Brasil. Apesar de índices demonstrarem que, cada vez mais, os índices de analfabetismo, de evasão escolar e de repetência vêm caindo, a situação ainda não é das melhores.
Existem vários fatores que contribuem para a evasão escolar e para o analfabetismo. A grande maioria das crianças que estuda na rede pública sofrem, além da deficiência do ensino, dificuldades com transporte e alimentação. Além disso, muitas crianças precisam ajudar os pais a trabalhar e cumprem uma jornada dupla que interfere brutalmente no rendimento escolar.
Se já é senso comum dizer que as crianças são o futuro do país, nada mais justo que criar condições para elas estudarem. E está provado também que, quanto maior o nível de instrução, maior a chance de encontrar trabalho.
E quando adulto, quanto maior o nível de escolaridade dos pais, maior será o nível de escolaridade dos filhos também. O Brasil gasta um média de 5,5% de seu Produto Interno Bruto (PIB) na educação, mas ainda não consegue suprir a demanda de estudantes.
O atual sistema educacional brasileiro tem a seguinte estrutura:
Educação Básica: educação infantil, o ensino fundamental e o ensino médio.
Educação Superior – universidade e pós-graduação.
Mas educar não significa só investir em escola. O primeiro grupo social do qual participamos é a família e ela participa também do que chamamos educação informal. O inicio da educação da criança começa.


Fonte: Mec Governo Federal

Um comentário:

Jesiel Pontes disse...

Os investimentos tanto em Educação quanto em Cultura estão banalizados, eu, como músico, enfrento situações em que a Cultura, como um todo é interpretada como "canções" que pregam algo superficial e que pregam banalidade...
As verbas quase nunca existem, "Não há dinheiro..." afirmam "os de cima", como dizem...
O que fazer para melhorar a Educação no Brasil, INVESTIR, é claro... Os investimentos estão sendo passados? Talvez, mas muitas das vezes chegam às Prefeituras, e o que acontecem? Não sei, talvez vão tomar uma brisa e se perdem...
Desculpe o linguajar, mas... É foda... =/