11 de jul de 2013

Fim da greve dos Trabalhadores em Educação de Rondônia/Vilhena

NOTA DO SINTERO
Mais de 60% dos trabalhadores em educação decidiram pelo encerramento da greve
10/07/2013 - 12h37min
O Sintero comunica aos alunos da rede estadual, aos pais e à sociedade que a maioria dos trabalhadores em educação estaduais decidiu encerrar a greve iniciada no dia 21 de maio mediante as seguintes conquistas:
- Gratificação de 7,97% a partir de 1º de agosto deste ano, índice de correção do Piso Salarial Profissional Nacional, que era o mínimo definido pela categoria para encerrar o movimento, a título de Gratificação de,Auxílio Educação ou nomenclatura técnica similar, sobre o vencimento básico, a partir de 1° de agosto até dezembro de 2013, condicionado a sua continuidade ao efetivo efeito pecuniário da Transposição para os quadros da União, aplicando-se a proporcionalidade de acordo com a carga horária dos Profissionais de Educação, não incidindo sobre 13° salário, bem como à disponibilidade orçamentária e financeira da Assembleia Legislativa no montante de 4 milhões de reais.

- Revisão do vencimento básico em 5,87% em abril de 2014 e 6% em
janeiro de 2015, respeitando a Lei de Responsabilidade Fiscal e a Lei
Eleitoral; e
- Destinação de R$ 500 mil por mês para pagamento da Licença Prêmio em pecúnia.
Da proposta encaminhada pelo governo do estado a categoria não aceita o condicionamento da efetiva implantação do Plano de Carreira nem a limitação da realização de novos movimentos por se tratar de uma garantia prevista na Constituição Federal.
A decisão de encerrar a greve foi tomada por mais de 60% dos trabalhadores em educação representados pelas Regionais: Rio Machado-7,9%, Norte-29,5%, Mamoré-4%, Guaporé-6,8% e Cone Sul-11,3%.
Optaram por manter a greve os trabalhadores em educação das seguintes Regionais: Estanho-8,7%, Mata-9,6%, Centro I-4,9%, Centro II-4,9% e Café-5,4, que representam 33,5% da categoria.
A Regional Apidiá, que representa 7%, ficou indefinida na última assembleia, mas já havia concordado com a gratificação de 6% proposta pelo governo anteriormente. Na maioria dos municípios que compõem a Regional Apidiá a decisão foi pelo encerramento da greve.
Portanto, em respeito ao estado democrático de direito e de acordo o estatuto do Sintero, a direção do sindicato acata o resultado e declara encerrada a greve por decisão da maioria dos filiados reunidos em assembleias em todo o Estado.
O Sintero reafirma o compromisso da categoria com a melhoria da qualidade do ensino e comunica que as aulas dos dias parados serão repostas, sem prejuízo aos alunos, e que o recesso escolar será cumprido conforme calendário escolar definido anteriormente.
O Sintero agradece aos alunos, aos pais e à sociedade, que apoiaram o movimento, e destaca a coragem, a bravura e a garra dos trabalhadores em educação, provando, mais uma vez, que sem luta não há conquistas.
Somos muitos, somos fortes.
SINTERO – Filiado à CNTE e CUT

Nenhum comentário: